Novelas

Resumo da novela Mar de Amor: Quarta-feira, 19/01/2022

O SBT exibe nesta quarta-feira, 19/01, mais um capítulo da novela “Mar de Amor”.

Leon, em sua cela, diz a Helena que roubará seu bebê assim que ele nascer e o mandará para longe, para que nunca mais o veja. Hernan avisa Cacilda que Guilhermo a envia flores diariamente. Estrela se desculpa com seu pai por haver lhe culpado quando Cacilda saiu para o jardim, e ela acreditou que ele a havia levado. Lorenzo, Jorge, Martin e outros pescadores estão no mar.

Moharidas diz que é preciso ouvir o vento para entendê-lo, e pressente que os homens não voltarão do mar. O mar está revolto e uma grande tormenta se aproxima. Moharidas corre para a praia a fim de avisar os pescadores sobre seu pressentimento de que alguém irá morrer.

Chega o temporal e vários pescadores estão no mar, entre eles Martin e Jorge, que estão em uma lancha com Lorenzo. Eles decidem seguir pescando. Jorge e Martin caem no mar. Lorenzo pede auxilio a uns pescadores e finalmente salvam ambos, porém Jorge está inconsciente.

Levam Jorge a tapera de Luz, mas Oswaldo não consegue chegar, pois existem arvores caídas na estrada. Na capital, Cacilda dá sinais de melhora. Oriana enfrenta Luz, quando ela diz que Leon, em vez de ajudar Helena, a expulsou de casa. Oriana diz a Luz que conseguirá um advogado que tirará seu pai da cadeia. Todos os pescadores finalmente voltam a praia e Jorge segue muito mal. Jorge pressente que vai morrer e se despede de Lorenzo e de sua mãe.

Padre Zamorita chega a tempo de dar lhe a extrema unção. Jorge morre. Helena se desespera com a morte de Jorge, pois ele era a única pessoa com quem ela contava incondicionalmente. Um homem encontra uma mulher desmaiada na costa. Ele pensa que ela está morta, mas na verdade está apenas desacordada. Essa mulher é Coral.

Depois de encontrada na costa, desacordada, Coral é levada por Antonio para sua tapera. Ela desperta do nada e só sabe dizer que se chama Coral e que estava procurando por um homem. Na casa de Luz começam a velar Jorge. Antonio diz a Coral que por tê-la encontrado, de agora em diante ela será dele. Ele a beija.

Estrela Marinha fez uma prova e está muito ansiosa. Violeta lhe garante que certamente ela foi muito bem, pois se dedicou muito. Coral se lembra de um homem queimando se em umas rochas a beira mar, mas não se lembra quem é a pessoa. Durante um sonho, Guilhermo vê Jorge e ele o pede que dê a sua filha tudo o que lhe é de direito.

Guilhermo não imagina que Jorge morreu. Moharidas pensa que a mulher da praia pode ser Catalina, e se pergunta a quem essa mulher causará problemas desta vez. Sem saber sua identidade, Victor está a ponto de entrar na tapera de Antonio para falar com Coral. Leon vai a tapera de Luz para velar Jorge. Luz o enfrenta, dizendo que ele não tem direito algum de estar ali, pois tratou o falecido mal a vida toda. Helena também enfrenta seu pai e Santos acaba por tirar Leon da tapera.

Na casa de Antônio e Aurora, Coral diz que não se recorda de nada, só que está à procura de um homem cujo nome não se lembra. Victor Manuel está seguro que ele é homem que Coral procura. Moharidas insiste que Antônio deve expulsar Coral de sua casa, pois ela só trará problemas. Na capital, Hernan segue apoiando Estrela.

Ele a empresta dinheiro e diz que pode pagá-lo aos poucos. O advogado informa Oriana que ela precisa recolher seus pertences e abandonar a propriedade de Ponta de Pedra imediatamente, antes que Estrela a expulse. Oriana e Santos são flagrados aos beijos por Leon, que insulta a filha. Leon ainda diz a Oriana que eles estão falidos, e não possuem mais nem propriedades nem dinheiro.

Estrela tem uma nova experiência quando Hernan a leva a uma exposição de arte. Diante de seu comportamento, Aurora pede a Coral que vá embora. Ela sai e caminha pela praia, vários pescadores ficam a observando. Coral vai até a casa de Victor e implora para que ele a cuide. Victor Manuel afirma a Coral que ela não é uma mulher confiável, pois vive desaparecendo.

Victor Manuel se queixa porque Moharidas descuidou de sua casa. Moharidas afirma que não quer trato com Victor, pois ele tem apoiado Coral. Moharidas está seguro que Coral é uma má pessoa e sua presença ali só trará coisas más e problemas ao povoado. A pedido de Victor, Oswaldo examina Coral e o diz que ela só tem um transtorno de personalidade e precisa de um psicólogo.

Coral pensa conhecer a voz de Moharidas. Aurora expulsou Coral de casa, pois a viu aos beijos com Antonio. Em Ponta de Pedra, Oriana diz a Leon que eles precisam ir antes que Estrela os expulse. Leon pede a Tubarão que ateie fogo a casa de Antônio, com toda a família dentro.

Tubarão e Pupa ateiam fogo na casa de Antônio, e fogem. Tubarão mata Pupa. Santos está próximo e vê toda a ação. Santos atira em Tubarão e acerta sua perna. Mística se dá conta que a casa de Antônio está em chamas e chama o pessoal da vila para que ajudem a apagar. Todos, com a ajuda de Victor Manuel conseguem ser salvos.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo