Notícias da TVNovelasProgramação de TV
Tendência

Por que “O Cravo e a Rosa” fez tanto sucesso em sua exibição original?

Novela de Walcyr Carrasco estreia novo horário nas tardes da Globo

Escrita por Walcyr Carrasco e Mário Teixeira, estreava em 26 de junho de 2000, a novela “O Cravo e a Rosa“, baseada no clássico “A Megera Domada” de William Shakespeare.

A novela se passava na década 1920 e, retratava o romance contraditório entre Catarina(Adriana Esteves) e Petruchio(Du Moscovis). Ela uma mulher de gênio forte e, ele um homem rude. Os dois viviam em pé de guerra, mas no fundo, eles se amavam.

Na boca do povo, Catarina era nomeada de “fera”, pois todos os seus pretendentes ela botava pra correr, até aparecer Petruchio que inicialmente planejou conquistá-la para que com o dinheiro do dote recebido, pudesse salvar a sua fazenda de ser hipotecada. Mas, eles acabam desenvolvendo um romance avassalador. Embalados por ” Tua Boca” do Belo, éramos presenteados com icônicas e também cômicas sequências de cenas de brigas e discussões vulcânicas.

Em sua exibição original, alcançou uma média geral de 30 pontos, sendo um grande fenômeno no horário. Foi reprisada duas vezes no “Vale a Pena”, alcançando média geral de 22 na primeira reprise e 14 na segunda.

A trama também ocupou a grande do canal Viva substituíndo “A Indomada ” entre 25 de março a 6 de dezembro de 2019.

Mais uma vez, o folhetim ganhará outra reprise na TV Globo, a partir de 06 de dezembro, a novela inaugura um novo horário de reprises, às 14:15h, após o Jornal Hoje. O Vale a Pena será exibido após a sessão da tarde.

E aí, conta pra gente, você vai acompanhar novamente a novela?

Desejamos que seja sucesso, assim como foi em todas as suas reexibições.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo