Notícias da TVNovelasProgramação de TV
Tendência

Leve, divertida e cheia de referências, assim foi a estreia de “Quanto Mais Vida, Melhor!”

Trama das 7, encantou e divertiu, no tom e na medida certa

Finalmente, podemos acompanhar uma trama inédita no horário das 7, que vinha exibindo reprises desde a pausa das gravações das novelas inéditas em decorrência a crise sanitária instaurada pela pandemia da covid-19. Na última segunda(22), estreou “Quanto Mais Vida, Melhor!” de Mauro Wilson. A trama traz consigo, os ingredientes necessários para o horário: humor, drama e romance são características do folhetim, que recebeu elogios da crítica e do público.

Durante a sua transmissão, a novela ocupou o 1° lugar nos trends topics do twitter.

A direção de Allan Fiterman, está impecável. Podemos citar algumas referências usadas na novela, a primeira delas foi o logo da emissora aumentando de tamanho, até desaparecer totalmente da tela, como acontece com a saga do Harry Potter. Outra referência, foi usada na entrada da Paula(Giovanna Antonelli) na empresa Terrare, fazendo alusão ao filme “O diabo veste prada”, no qual a personagem foi comparada a Miranda Priestly.

A trama apresentou cada um dos quatro protagonistas de forma segura, dinâmica e sem muita enrolação.

Conhecemos as vidas de Paula(Giovanna Antonelli), a empresária que quer reerguer a sua empresa e, vive em pé de guerra com a Carmem Wollinguer(Júlia Lemmertz), Neném(Vladimir Brichta), um ex-jogador de futebol, que está em fim de carreira, mas que busca voltar aos estádios e ser reconhecido novamente, Flávia(Valentina Herszage), uma dançarina de pole dance, que vive em atrito com a sua madrasta e que se envolve em uma roubada e, por último o Guilherme(Mateus Solano), um cirurgião que vive um drama familiar no casamento com Rose(Bárbara Colen) e com o filho Antônio(Matheus Abreu).

A vida dos quatro se entrelaçam quando eles pegam o mesmo vôo. Durante o vôo, o piloto enfarta, o avião acaba caindo e, todos eles acabam morrendo. Ao acordarem, percebem que estão no céu e, começam a se desesperar. De repente, são surpreendidos pela Morte(A Maia), que diz que não é a hora deles, mas que em 1 ano, um deles vai morrer de fato. Ela resolve dar uma nova chance para os 4 tentarem resolver os seus dilemas. Eles retornam a vida e, prometem fazer tudo diferente.

Toda a trama está sendo bem conduzida, os personagens estão nos tons certos, a abertura é bem bonita e, a trilha sonora é sensacional.

Confira a abertura da novela:

A novela é ótima de se acompanhar, o humor é característica do autor que escreveu séries como “A Mulher Invisível” e “A Fórmula“, as quais foram sucessos em suas exibições.

O mistério que permeia e atiça a curiosidade do telespectador, não é quem vai terminar com quem, mas qual dos protagonistas vai morrer no final.

E aí, conta pra gente o que vocês acharam da estreia? Aqui a estreia foi bem repercutida. Desejamos que continue nesse ritmo e, que entre e se consolide como mais um sucesso da emissora.

 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo