NovelasTop Crítica

Confira as 5 melhores novelas de Gilberto Braga

Gilberto Braga é considerado o maior autor da Globo!

O escritor Gilberto Braga, de 75 anos, faleceu na terça-feira (26)! Vítima de uma infecção sistêmica, o autor nos deixou, porém, seu legado ficou eternizado no coração do público. Autor de sucesso, o novelista escreveu as principais tramas das telenovelas brasileiras, deixando o público cheio de saudades. Uma característica distinta de suas obras, era acrescentar o famoso quem matou?!

Aconteceu em Vale Tudo (1988) com Odete Roitman, Celebridade (2003) com Lineu Vasconcelos, Paraíso Tropical (2007) com Taís e em Insensato Coração (2011) com Norma. Vamos agora relembrar os principais trabalhos de Gilberto Braga.

1- Vale Tudo

Vale Tudo
Glória Pirez, Beatriz Segall e Regina Duarte em Vale Tudo (Foto: Reprodução)

Clássico da TV brasileira e considerada a maior novela de todos os tempos, Vale Tudo, escrita por Gilberto Braga, é lembrada até hoje como o maior marco da TV Brasileira. Sintetizando os problemas nacionais, além de, discutir o duelo brasileiro entre a honestidade e corrupção.

Um time de elenco fez parte da trama. Regina Duarte, vinda do sucesso de Roque Santeiro, encarnou mais uma personagem, desta vez, a mocinha ‘Raquel Acciolli’, mulher honesta e trabalhadora que representou o país.

Beatriz Segall, deu origem a maior vilã brasileira de todos os tempos, Odete Roitman. Vilã extremamente debochada e inescrupulosa, Odete sempre criticava o país, mais uma grande sacada de Gilberto Braga, demonstrando alguns componentes da classe média brasileira da época. 

O autor em mais uma sacada, conseguiu parar o país com o ‘Quem matou Odete Roitmann’, clássico de suas telenovelas. 

2 – Dancing Days

Dancing Days
Dancing Days (Foto: Reprodução)

Fenômeno! Dancin’ Days, conquistou o país com personagens descolados e com figurinos coloridos. Trama bastante animada, fez o Brasil parar em frente a TV. De acordo com o livro Telenovela e representação social, à direção de Luiz Fernando Carvalho é considerada um dos marcos renovadores da estética do gênero nos anos 80.

O sucesso foi tanto, que a trama influenciou a criação de discotecas por todo o Brasil.

3 – Celebridade

Celebridade
Cláudia Abreu, Gilberto Braga e Malu Mader em Celebridade (Foto: Reprodução)

Em 2003, Gilberto Braga lançava mais uma novela com sua eterna musa, Malu Mader. A atriz foi protagonista de diversos trabalhos do autor: Anos Dourados, O Dono do Mundo, Labirinto, Força de um Desejo e Celebridade. 

Celebridade foi escrita especialmente para Malu Mader, já que a atriz completava 20 anos de carreira em 2003. Lançada em 13 de Outubro, a trama substituiu ‘Mulheres Apaixonadas’, de Manoel Carlos, e fez o maior sucesso.

Ambientada para ser uma trama que discutisse sobre a busca da fama, além do poder da mídia, Celebridade parou o país com a grande surra que Maria Clara Diniz (Malu Mader), deu em Laura (Cláudia Abreu), tornando-se, então, uma cena antológica da TV brasileira.

Malu Mader
Malu Mader a grande musa das novelas de Gilberto Braga (Foto: Reprodução)

Outro fato que chamou bastante atenção, foi o ‘Quem matou’, desta vez, o empresário Lineu Vasconcelos (Hugo Carvana), foi assassinado e o mistério só foi revelado no último capítulo, garantindo uma semana histórica para a Globo nos anos 2000.

Outra curiosidade, foi a escolha da trilha sonora da trama. Gilberto Braga, em entrevista, afirmou que foi o CD que mais gostou de produzir, já que lhe deixaram a cargo de tudo. O disco se tornou um grande fenômeno em 2004, sendo um dos mais vendidos pela Globo em todos os tempos.

4 – Escrava Isaura

Escrava Isaura
Lucélia Santos e Edwin Luisi em Escrava Isaura (Foto: Reprodução)

Em uma adaptação do livro de ‘Guimarães Rosa’, Gilberto Braga ousou ao fazer uma adaptação para a televisão. Não deu outra, o folhetim foi um grande fenômeno, eternizando a atriz Lucélia Santos (Isaura), como um dos grandes nomes da Globo. 

O sucesso do folhetim foi comercializado em diversos países. O impacto foi tão grande, que em Cuba, houve racionamento de energia devido a todos os televisores estarem ligados na trama. 

Na antiga União Soviética, devido a novela se passar no campo, o termo “fazenda” foi amplamente usado, fez com que a palavra fosse incluída no dialeto russo como ферма (pronunciado como “Ferma”). Na guerra entre Bósnia e Sérvia, em 1992, declarava-se cessar fogo durante os capítulos da novela. 

5 – Paraíso Tropical

Paraíso Tropical
Wagner Moura e Camila Pitanga em Paraíso Tropical (Foto: Reprodução)

Outro grande sucesso para o conceituado currículo do novelista, dava às caras em 2007. Paraíso Tropical, abordou temas como cafetinismo, prostituição e a busca pelo poder. 

Quem adquiriu o gosto popular, foi a personagem Bebel, de Camila Pitanga, que tinha um tom cômico e dramático, junta ao Olavo (Wagner Moura), protagonizaram cenas memoráveis. A prostituta Bebel, também é relembrada até hoje, pelo bordão “catiguria”, que vira e mexe está na boca do povo. O clássico “quem matou?”, movimentou a trama. As gêmeas Paula e Tais, vividas pela talentosa Alessandra Negrini, dividiam opiniões, a gêmea má (Taís), acabou conquistando inimigos, ficando a mercê de ser assassinada num clima de mistério que só foi revelado no último capítulo. 

Na exibição original, a trama marcou 41 pontos no 1° capítulo e 56 no último, onde foi revelada a identidade do assassino de Taís. 

Atualmente a trama está sendo reprisada no canal Viva e, vem conquistando bons índices no ibope.

Texto com colaboração de Marcel Felipe

SIGA O ADTV NAS REDES

Quer acompanhar tudo sobre Famosos, Notícias da TV, Audiência da TV, Mundo Pop, Futebol, Esportes, MMA, Streaming, Programação de TV, Novelas e mais? Siga nossas redes sociais, FacebookInstagram, ou Google News! Ou procure digitando nos resultados de busca por: ADTV!

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo