Famosos

Linn da Quebrada cobra atitude de Silvio Santos

Linn da Quebrada, participante do BBB22, decidiu cobrar Silvio Santos. Em suma, para quem não sabe, recentemente o apresentador deu o que falar após uma fala. No entanto, Lina afirmou que o Dono do Baú, aos 91 anos deve um pedido de desculpas à comunidade trans por ter prestado “desserviço” às pessoas trasngêneros.

Para quem não sabe, durante seu programa aos domingos do SBT, o artista recebeu a Miss Trans Internacional Ava Simões. No entanto, em determinado momento, ele perguntou algumas coisas sobre a transgeneridade.
Na ocasião, o comunicador foi elogiado pela própria Ava e nas redes sociais por “dar uma aula” sobre aceitação.

Dessa maneira, Linn da Quebrada, foi ao contrário dos elogios das pessoas. Em suma, de acordo com ela, assim “como tantos outros meios de comunicação”, prestaram desserviço à comunidade constituída por transgêneros. De acordo com a artista, essas pessoas agem “pela contribuição assídua em desumanizar” essas pessoas.

A artista também ressaltou que o apresentador do SBT já “constrangeu e debochou” de Roberta Close. Para quem não sabe, ela é uma das primeiras personalidades trans do Brasil.

Por fim, nos comentários de um perfil que publicou o vídeo, Linn da Quebrada pontuou o que acha. “Mas é também o mesmo Silvio que constrange e debocha a Roberta Close. Ele como tantos outros meios de comunicação que devem desculpas pelo desserviço e pela contribuição assídua em desumanizar e atuar com tanto gosto na manutenção da violência e da dor [dessas pessoas]”.

“E mais uma vez digo: não é sobre o Silvio, mas também é. Antes de tudo, falo da instituição televisiva que trabalhou muito bem e por muito tempo para a manutenção do espetáculo violento de nos ferir enquanto riam. Uma conversa muito mais extensa e que não se justifica os preços de tudo”, completou.

Linn da Quebrada rebate comentários

Leia mais: Mussunzinho e Karol vencem Prova dos Casais no Power Couple

Com isso, Linn da Quebrada falou mais sobre o assunto. “Tantos profissionais da comunicação percebam o esforço sistemático na criação de um imaginário social. Em rede nacional, que trabalhou muito bem para que rissem diante do espetáculo traumático de nos ferir e desumanizar enquanto riam”.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo