Famosos

Arthur Picoli revela ameaça de morte e declara: “Não consigo mais entender”

Ex-bbb faz desabafo

Recentemente, Arthur Picoli, conhecido pela sua participação no BBB21, se pronunciou sobre um assunto bastante sério. Em resumo, o influenciador contou que voltou a receber ameaças de morte. Portanto, abalado com tudo isso, o crossfiteiro fez alguns vídeos através dos Stories do Instagram, explicando melhor.

Dessa forma, Arthur Picoli iniciou: “Eu não consigo entender mano, eu sou a pior pessoa do mundo, né. Caraca não é possível, estou quieto, na minha casa, recebendo esse tipo de ameaça. Mano, eu sinceramente não consigo mais entender”. Em seguida, completou: “Não sei mais o que eu faço pra parar isso. Não sei real. Chateado com essa situação mais uma vez, situação desagradável. Coloca em risco minha integridade física, da minha família, dos meus amigos, mas é isso. Só preciso entender o que eu fiz”.

Sendo assim, o jovem ainda expôs como a família estava reagindo com essa situação. “Essa porr* vai até tirar a vida de alguém. Não aguento mais. Já imaginou a cabeça da minha família recebendo essas coisas? Moramos a 7 horas de distância, estou nessa correria tem 15 anos. 15 anos que não estou nos aniversários dos meus pais, irmãs.” disse.

Por fim, ele acrescentou: “Quanta coisa tem em jogo além de uma m*rda de vida virtual! Respeita minha família, porque ninguém aguenta mais receber foto de caixão, ameaças e fotos de um carro igual o meu batido na estrada! Deixa eu ser do meu jeito, sem te prejudicar, na minha… não te fiz nada”.

Leia mais: Power Couple: Após muitas polêmicas, Cartolouco e Gabi são eliminados

Arthur Picoli fala sobre possibilidade de entrar em A Fazenda

Durante o PodDelas, Arthur Picoli comentou se entraria no reality A Fazenda. Em suma, o famoso disse não ter recebido nenhum convite, mas que entraria caso fosse convidado. “Entraria. Não sei quando. Essa é a questão. Esse ano eu acho que não entraria. Ano que vem, não sei. Depende muito de contrato e trabalho. Eu acho muito legal a experiência e vivência daquilo ali, mas a gente precisa fazer o nosso aqui fora”.

Contudo, ele ainda completou: “É o período que a gente ainda tá trabalhando muito. Às vezes, o cachê não compensa você abrir mão aqui para fazer três de programa. Você tem que ganhar o programa, mas você não tem essa certeza então é melhor ficar aqui fora fazendo uma grana e ir quando der uma estabilizada”, completou Arthur.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo