BBBFamosos

Natália, do BBB 22, é acusada de roubo e aponta racismo

Natália Deodato, participante do BBB 22, sofreu um episódio de racismo em Cancún. A sister desembarcou na cidade praiana para curtir alguns dias de férias, mas saiu muito decepcionada.

A Ex-BBB compartilhou com os seguidores que encontrou uma bolsa perdida no saguão do hotel onde está hospedada, e decidiu levá-la até a recepção, e foi nesse momento que Natália foi acusada de roubo.

Ao decidir levar a bolsa que estava no chão, Natália relatou o que aconteceu na sequência: “Quando cheguei lá tinha um moço e ele começou a gritar falando em outra língua. Eu deixei a bolsa, disse que estava jogada no chão sem ninguém e entreguei. Ele me disse que o cara era o dono. Ele [o dono] começou a gritar comigo e o pior de tudo: porque eu sou preta. Ele falou que eu tinha pegado, como se eu precisasse pegar as coisas de alguém”.

Devido ao polêmico desenrolar da situação, Natália pediu para que os funcionários do hotel abrissem a bolsa e verificassem junto com o dono se algum pertence havia sumido, e assim, parassem de culpá-la por algo que não fez.

“Eu falei: pode abrir, vê se aconteceu. Ele abriu e viu que não tinha sumido nada. Ele continuou me acusando. Nunca precisei passar por isso”, lamentou.

Esse não foi o único caso que aconteceu com Natália Deodato na viagem, a ex-sister afirmou que em um restaurante local, os funcionários colocaram sua mesa afastada e demoravam para a atender. “Colocou a mesa afastada das demais pessoas e não queriam nos servir”, declarou. Natália finalizou lamentando o racismo: “É fod*. Muito fod*. Ainda bem que estou aqui com pessoas maravilhosas”.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo